fbpx

Em 2021 o ICOMOS propõe para o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios (DIMS) o tema Passados Complexos, Futuros Diversos.

Num ano em que a pandemia global marcou as nossas vidas, somos convidados a olhar para o passado, fazendo um exercício de reflexão em que se identifica, frequentemente, o favorecimento de algumas narrativas, omitindo ou esquecendo outras.

O passado não é linear. Elementos que nos lembram das fragilidades das várias sociedades estão presentes nos sítios e nos monumentos. Fazem parte desse passado, um passado que não pode ser visto a preto e branco, sujeito a contestação e discussão.

E é exatamente a partir desses elementos complexos que podemos partir para uma reconciliação: conhecer, interpretar e aprender permite-nos ambicionar a construção de um futuro mais justo, participado e variado. Reconhecemos para o património cultural, enquanto fator de essa capacidade de contribuir para preparamos um futuro mais harmonioso, onde cidadania, união e resiliência se assumam com valores fundamentais. Frequentemente, no Palácio Anadia, somos confrontados com narrativas que nos remetem para esse passado complexo. A nossa opção tem sido a de encarar estes elementos frontalmente, porque acreditamos que podemos crescer e ser melhores a partir dos nossos patrimónios complexos. Venha conhecê-los.

Outros Artigos:

No Reino das Porcelanas entre Meissen e Biscuit

Jardins Históricos Palácio Anadia

Camélias no Palácio dos Conde de Anadia

A Touriga Reintrepretada

Casas Senhoriais em Viseu

Uma Coleção De Museu

Azulejos – O Mundo ao Contrário

Um Solar maravilhoso perto de Viseu

Locais a visitar na região de Viseu

Palácio Anadia Viseu – Local fantástico pela Vortex Mag

Se está em Viseu venha visitar o Palácio dos Condes de Anadia