fbpx

José António de Sá Pereira e Menezes de Mello e Sottomayor foi o segundo Conde d’Anadia, tendo-lhe sido também concedido o título de 1.º Visconde de Alverca, por D. João VI em 1805.

Nasceu em 1731, filho de Manuel de Sá Pereira e D. Maria Plácido de Meneses. Era tio materno de João Rodrigues de Sá e Melo Menezes, 1º conde de Anadia.

Educado em Coimbra, perto dos 20 anos iniciou a sua carreira diplomática, primeiro como enviado extraordinário Ministro Plenipotenciário na Holanda em 1750, lugar ao qual voltaria em representação diplomática, já como Ministro Plenipotenciário, em 1762.

Em 1764 foi transferido como Ministro Plenipotenciário para a legação de Portugal em Nápoles. Aqui permaneceu por quarenta e quatro anos, excetuando uma interrupção entre 1772 e 1776 quando prestou serviço na Áustria. Em Nápoles casou com Maria Joana de Sá Menezes, em 2 de fevereiro de 1799. As suas três filhas nasceram em 1801, Maria Luísa de Sá Pereira de Menezes de Melo Sottomayor, terceira Condessa de Anadia, 1804, Maria José, e em 1808, Maria Joana.

Depois do seu regresso a Portugal, recebeu em dezembro de 1809, o título de segundo Conde de Anadia. Vem a falecer três anos depois, a 3 de março de 1813.

Sá Pereira passou em Nápoles muitos anos e a relação deste Ministro com a corte napolitana foi amistosa e pacífica. O português era várias vezes convidado, juntamente com os restantes ministros estrangeiros, para assistir ao jantar de S. Majestade Siciliana, assim como era convidado assíduo do governador, Marquês de Tanucci. Sob o seu Ministério, Portugal manteve muito boas com o reino das Duas Sicílias.

A sua longa estadia neste local permitiu ainda um contacto próximo com muitas figuras importantes da sociedade napolitana da época, uma das quais foi a luso descendente Leonor da Fonseca Pimentel, bibliotecária da Rainha Maria Carolina e apoiante das lutas que em Nápoles se faziam contra as invasões eclesiásticas.

Sá Pereira assistiu também a algumas das descobertas mais interessantes em Itália, como por exemplo as escavações arqueológicas das cidades romanas de Herculano e Pompeia, que Carlos III da Espanha, Rei das Duas Sicílias, patrocinava com enorme efusão.

As preferências de Sá Pereira em relação ao seu destino quando se ausentava de Nápoles, para descansar ou restabelecer de algum problema de saúde, recaíam quase sempre num local chamado Plano de Sorrento, uma pequena cidade costeira situada na zona sul do golfo de Nápoles.

O quadro da família de José Sá Pereira está patente na Sala de Baile do Palácio Anadia. Uma parte significativa da coleção do Palácio acredita-se ter sido trazida pelo 2º Conde de Anadia, ofertas feitas pela prestação de bons serviços.

Outros Artigos:

Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Jardins Históricos Palácio Anadia

Camélias no Palácio dos Conde de Anadia

A Touriga Reintrepretada

Casas Senhoriais em Viseu

Uma Coleção De Museu

Azulejos – O Mundo ao Contrário

Um Solar maravilhoso perto de Viseu

Locais a visitar na região de Viseu

Palácio Anadia Viseu – Local fantástico pela Vortex Mag

Se está em Viseu venha visitar o Palácio dos Condes de Anadia